Enter your keyword

post

Austrália quer prioridade no emprego para locais em detrimento de estrangeiros

Austrália quer prioridade no emprego para locais em detrimento de estrangeiros

A Austrália anunciou,novas restrições à contratação de estrangeiros com visto de trabalho temporário pelas cadeias de “fast food” que operam no país.

“Os trabalhadores australianos, em particular os jovens, devem ter prioridade”, afirmou, o ministro da Imigração, Peter Dutton, em comunicado.

Esta é a primeira vez que se proíbe toda uma indústria de importar trabalhadores na Austrália, apesar de as empresas desse setor da restauração terem ainda possibilidade de recrutar estrangeiros qualificados sob circunstâncias excecionais. À luz das novas regras, essas empresas vão ter que provar que a contratação de um estrangeiro se deve a uma necessidade específica.

A Austrália permite a permanência temporária de trabalhadores por até quatro anos ao abrigo de um visto que requer o convite endereçado por uma empresa para a realização de um trabalho qualificado, de acordo com o portal do Ministério da Imigração. “Os negócios que precisem genuinamente de trabalhadores estrangeiros que contribuam para o crescimento económico serão tidos em consideração”, explicou Dutton.

Contudo, os trabalhadores estrangeiros da indústria de ‘fast food’ que tenham atualmente este visto devem abandonar o país assim que o mesmo expirar a menos que o seu empregador exponha o caso individualmente justificando por que razão esse trabalhador estrangeiro deve permanecer na Austrália.

Nos últimos quatro anos, as autoridades australianas concederam mais de 500 vistos a trabalhadores qualificados que se encontram ao serviço de empresas de ‘fast food’.

Você tem interesse em saber mais sobre estudar na Austrália? Tem vontade de morar no país?  Entre em contato conosco! A Study International estará feliz em lhe ajudar com esse SONHO, Clique Aqui e solicite seu orçamento agora!


Fonte : jn.pt

Deixe seu Comentário